O homem que dormiu arminiano e acordou calvinista!

dormindo em frente ao pc

 

       Nada como boas histórias! Ainda mais, quando são histórias que refletem o agir de Deus na história da salvação, como Ele trabalha para conduzir seus filhos ao conhecimento das Sagradas Escrituras, o conhecimento da cruz de Cristo.  Ontem (01/02/2016), ouvi uma destas boas histórias sobre o agir de Deus na vida dos seus escolhidos. Prontamente, logo após ouvir o relato, pedi permissão ao homem para poder escrever algumas linhas sobre essa extraordinária façanha de Deus, e o homem permitiu-me.

       Eis “a história do homem que dormiu arminiano e acordou calvinista”! Conforme o relato do “Teófilo” (assim vou chamar-lhe, para preservar-lhe o nome),  ele desejou ouvir no youtube uma pregação de um determinado pastor, pastor relativamente conhecido na cidade de Criciúma-SC, todavia, esse pastor é de linha arminiana, que prega que “nós é quem vamos até Deus”, e “não Deus é quem vem até nós“, como os calvinistas pregam. Muito bem, lá foi  Teófilo ouvir o pastor, mas não demorou muito e o homem dormiu, pegou no sono, e ali mesmo, na frente do computador, capotou no sono. Não sei se a pregação estava muito chata ou Teófilo estava muito cansado, o importante é que ele dormiu…Providencialmente Deus cronometrou o sono de Teófilo, pois ele foi dormindo e o vídeo do pastor que ele queria ouvir acabou e outro começou! Assim, os vídeos foram rodando e rodando, até que começou a rodar um vídeo de “CHARLES HADDON SPURGEON”, famoso pregador batista, pregador calvinista que cria nas doutrinas da graça de Deus, cria que Deus é quem busca o homem morto em seus delitos e pecados (Efésios 2.1, 2,5 – João 6.37, 6.44 – Romanos 3.11). Leiam uma pequena declaração de Spurgeon e entendam como ele cria nas Escrituras:

” O calvinismo não veio de Calvino, cremos que veio do grande Fundador de toda a verdade. Talvez Calvino tenha derivado grande parte dos escritos de Agostinho. Agostinho obteve suas ideias, sem dúvida, pelo Espírito de Deus, pelo estudo diligente dos escritos de Paulo, e Paulo os recebeu do Espírito Santo, de Jesus Cristo.” 

       Em outro momento,  Spurgeon respondeu uma pergunta feita , pergunta que questionava-o sobre a razão de pregar o evangelho se Deus já escolheu os seus, eis a resposta do príncipe dos pregadores:

É por isso que pregamos! Se existem tantos peixes a ser pegos pela rede, irei e pegarei alguns! Porque são muitos os ordenados a serem pegos, eu espalho minhas redes com ávida expectativa. Nunca pude entender por que isso deveria suprimir nossos esforços e zelo. Parece-me que isso deveria ser o que nos motiva mais – que Deus tem um povo, e esse povo deva ser trazido para dentro”.

       Imaginem o que aconteceu com meu recém amigo “Teófilo”, quando começou a ouvir esse grande pregador? Pela graça e providência de Deus, ele começou a ser despertado para as doutrinas da graça de Deus, que trovejam com poder sobre a mente humana, pois procedem do Deus que fez o mundo com a sua trovejante voz. Hoje, Teófilo é um crente que glorifica a Deus da maneira correta, pois entende que o Deus misericordioso o arrastou ao seu Filho Jesus, pois o homem é morto em seus delitos e pecados, pois nenhum homem jamais buscará a Deus, sem que primeiro Deus o arraste até nosso Senhor Jesus (João 6.37, 6.44 – Efésios 2.1).

       Assim, termino de maneira breve a história que me alegrou e impressionou pelo agir de Deus, ” a história do homem que dormiu arminiano e acordou calvinista”.

(E.P.P – 02/02/2016)

 

 

 

Anúncios
Categorias: Apologética, Missiologia, Reflexões | 5 Comentários

Navegação de Posts

5 opiniões sobre “O homem que dormiu arminiano e acordou calvinista!

  1. Daniel Tomazi

    Bendito sono! Certamente não foi o “sono da alma”!

    • Certamente Daniel! Até mesmo no sono Deus trabalha. Lembro-me de Provérbios 16.33…Há um outro texto a ser lembrado, que enquanto Jonas dormia “profundamente”, Deus estava trabalhando para a salvação dos ninivitas. Soli Deo Gloria.

  2. Lucas

    Jo 6.44 Ninguém pode vir a mim, se o pai, que me enviou, o não puxar; e eu o ressuscitarei no último dia.

Deixe seu comentário ou sua pergunta / resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.