Precisamos ter mais devoradores!

     Com certeza a palavra “devorador” logo o fez pensar no dízimo! Lá vem mais uma pregação sobre dinheiro? Claro que não! Quero falar sobre um outro tipo de devorar, um tipo “cupim“, que devora, que come. Certa vez no seminário um amigo disse: Eu devoro livros! Logo o apelidamos de cupim. (kkkkkkkk)

     Precisamos de mais devoradores de Bíblia, que ouçam a mesma ordem dada a Ezequiel (3.1-4). Precisamos com urgência, já que vivemos numa época dos “milhões de evangélicos”, e ao mesmo tempo, uma ignorância bíblica sem igual. Gente que afirma em nome de Deus o que “acha” que está na Bíblia, mas, na verdade está apenas na sua própria cabeça.

     Precisamos de pessoas que devorem as histórias bíblicas, uma, duas, cem vezes. Que saibam ensinar, orientar, exortar através das Sagradas Letras. Pessoas que sigam o modelo do grande pregador batista, Charles Spurgeon, que leu a Bíblia completa mais de 100 vezes. Não era a toa que ele era chamado de “príncipe dos pregadores”. Todavia ele dizia: Toda a vez que leio a Bíblia, aprendo o quanto eu não sabia.

     Certa vez um bom professor nos fez uma pergunta no seminário: Quantas vezes você já leu a Bíblia completamente? Fez a pergunta no primeiro e segundo ano. Então ele disse, após constatar que alguns não haviam lido a Bíblia completa: Como vocês podem querer ensinar algo que vocês mesmos não conhecem?

     Circula no youtube um vídeo por nome ” o livro proibido”, e nele há uma ótima ilustração de um velho pastor chinês que disse: Existem apenas  três tipos de cristãos no mundo e apenas um é verdadeiro. O primeiro tem a Bíblia, mas, não a lê. Esse não vale! O segundo tem a Bíblia, lê, mas, não tem amor por ela. Também não vale. O terceiro tem a Bíblia. Lê e ama o que lê! É o tipo que muda o mundo. Então, deixando escapar uma pequena lágrima acrescentou: Esse tipo de cristão é muito raro.

     Precisamos de mais devoradores da Bíblia, que a amem, que a leiam e que a preguem!

     Solio Deo Glória

     Pr. Edson do Prado Padilha

Anúncios
Categorias: Reflexões | Tags: | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe seu comentário ou sua pergunta / resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.